Cirurgia da ObesidadeDr. Luiz Alberto de Carli - Cirurgia da Obesidade

Outros Depoimentos

1
Calcule seu IMC

Para calcular seu IMC informe:

Peso: e Altura:

Grupo de WhatsApp

WhatsAppFaça parte do Grupo de WhatsApp dos pacientes
do Dr. De Carli.

Entre em contato com a coordenação do grupo e solicite sua inclusão:
  • Psic. Ana Paula Fontanari
    (51) 998 666 753
  • Adriana Duarte
    (51) 991 692 949
  • Alex Carvalho
    (51) 991 942 299
  • Aline
    (51) 997 531 885
  • Francisco Regis
    (51) 992 447 366
  • Maria Teresa Galvão Neves
    (53) 999 746 777

Adriane Moreschi Bittencourt

Cirurgia realizada em 15 de maio de 2005
Paciente com 38 anos

Como a cirurgia da Obesidade modificou a minha vida?

Com a minha primeira gravidez engordei 20 kg, após o parto eu ainda tinha 16 kg a mais, e a partir daí começou a minha tortura, iniciei o processo de regime dos mais variados possíveis. Eu seguia a instrução do regime corretamente apenas por um mês e após não conseguia mais manter, e ao invés de emagrecer, cada vez eu ficava mais gorda e infeliz.
Esta luta durou mais de 13 anos, e eu neste período engordei 65 Kg a mais do meu peso ideal. Não havia mais roupa que me deixasse bem, foi quando decidi que tinha que fazer algo por mim, e então procurei a equipe da CTO da Santa Casa.
Inicialmente fiz todos os exames solicitados, conversei com todos os especialistas que me fizeram entender como seria o processo da cirurgia, passo este muito importante, pois a pessoa obesa precisa estar bem preparada.
No dia 15/05/2005 fiz a cirurgia, fui muito bem assistida pela equipe da CTO, fiquei 8 dias internada, e 7 dias em casa, portanto em apenas 15 dias eu já estava trabalhando. Os dois primeiros meses são os piores da cirurgia, pois a alimentação é muito difícil para quem está acostumada a comer muito. No primeiro mês toma-se um copo de 5 ml de líquidos diversos a cada hora, mais a proteína em pó que é muito ruim. No segundo mês passamos a comer comida pastosa e após começamos a ingerir sólidos. O que traz muita força para enfrentar este período é a balança, pois neste período já estava com 20 kg a menos.
Após este período já estava autorizada a fazer exercícios, o que eu me esforcei bastante, fazia hidroginástica três vezes por semana e caminhava uma hora por dia. Coisas que eu nunca consegui fazer em outras épocas. Mas a animação era tão grande, por estar emagrecendo, que eu queria ver os resultados na balança todos os dias, que estava eliminando os quilos indesejáveis.
Ao final de um ano eu havia perdido os 65 kg a mais do meu peso ideal estava feliz da vida com o corpo que eu tinha antes de ter engravidado. Poderia comprar nas lojas as roupas que eu queria e até mesmo sem experimentar, pois tudo ficava bem.
Com isto a minha auto-estima aumentou consideravelmente, passei a me valorizar pessoalmente e profissionalmente, pois as pessoas podem dizer que não há preconceitos, mas com certeza havia.
Já estou com três anos de cirurgia, e continuo mantendo o meu peso. Aprendi a comer corretamente, ou seja, me alimento a cada duas horas, fazendo com isto não ter vontade de comer de forma descontrolada como era no passado.
Tive alguns problemas como a retirada da vesícula e da hérnia, mas agora estou bem e não me arrependo de nada, e faria tudo de novo, pois não tem preço a auto-estima que eu adquiri após a cirurgia, e só tive estes problemas porque realmente eu não paro, se me cuidasse um pouco mais não teria tido nada. E mais, se continuasse obesa do jeito que eu estava com certeza teria tido um infarto ou coisa pior.
Todas as pessoas obesas, que não estão felizes com o seu corpo e a sua vida, devem procurar a equipe da CTO da Santa Casa, pois possuem especialistas de alta qualificação e que sabem tratar as nossas deficiências com carinho e qualidade. Aconselho a todos, pois a FELICIDADE a ser alcançada é liquida e certa, não tem como não ocorrer.

Gostaria de mais informações?

Participe das reuniões abertas ao público entre os pacientes operados e em pré-operatório e seus familiares onde são apresentadas palestras sobre a cirurgia da obesidade pelos membros da equipe multidisciplinar.

A próxima reunião será no dia 16 de outubro de 2019, às 19h.
Anfiteatro da Oncologia do Centro Clínico do Hospital Moinhos de Vento, Rua Tiradentes, 333 - 2º Andar - Fone (51) 3314 3434

Se preferir você pode marcar uma consulta com o Cirurgião e Coordenador do Grupo, Dr. Luiz Alberto De Carli.

Após a primeira avaliação, o paciente será orientado quanto a necessidade de cirurgia e tipos de cirurgia adequados ao caso, também será encaminhado para consultas com a equipe multidisciplinar e para a realização dos exames pré-operatórios.